21 maio 2010

Palavras ao vento...

Neste momento, penso em você e então quisera me transformar em vento.
E se assim fosse, chegaria agora como brisa fresca e tocaria leve sua janela.
E se você me escuta e me permite entrar, em você vou me enroscar quase sem a tocar.
Vou roçar nos seus cabelos, soprar mansinho no ouvido, beijar sua boca macia, a embalar no meu carinho.
Mas eu não sou vento...
Agora sou só pensamento e estou pensando em você.
E se abrir sua janela, eu estou chegando aí, agora...neste momento, em pensamento...no vento.


Roberto Shinyashiki

Um comentário:

  1. Oiee...21/5/10

    Ah! Que coisinha mais lindaaa!
    Beijosss

    ResponderExcluir

Comente o texto.
Dê sua opinião ou deixe sua poesia, crônica, poema...